Domingo, 18 de Agosto de 2019

COLUNISTAS
Terça-feira, 04 de Junho de 2019, 07h:47

Crônica do Samá

Lincoln Samá

Sindrome de Caminha

Vou tentar não ser prolíxo pra ter como leitor aquele que não aprecia ler muito. Não precisa concordar, mas respeitar minha posição. Voce já teve o privilégio ou oportunidade de ler a carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão da frota de Pedro Alvarez Cabral. que ao chegar no Brasil, escreve dando conta ao Rei de Portugal D. Manuel sobre a nova terra? Não? Ele, Caminha é detalhista. Ela, a carta virá ser um “Marco” da nossa cultura; os lusitanos chegam aqui veem aqueles indios cheios de ouro nos lombos, começam a se “Darem” bem, “trocam” por espelhos e outros objetos os adornos dourados dos indios. Depois nós descobriremos que ele nos roubam. Quero lembrar-vos que dessa “cruza” Gajos/Indios/Negros formaria a nação brasileira, já impregnada no seu DNA, da Vontade de ser “Comprada” “Corrompida” e mais, impregnou-se da Lei do Gerson, de se dar bem ou dar um jeitinho. O que faz Pero? faz o primeiro ato de Corrupção explicito; pede que o Gilmar da epoca, solte o seu Genro que esta preso, envia-lhe na carta o primeiro pedido de Habeas Corpus do Brasil, veja o trecho da carta: ‘E pois que, Senhor, é certo que tanto neste cargo que levo como em outra qualquer coisa que de Vosso serviço for, Vossa Alteza há de ser de mim muito bem servida, a Ela peço que, por me fazer singular mercê, mande vir da ilha de São Tomé a Jorge de Osório, meu genro, o que Dela receberei em muita mercê.

Pra amarrar minha crônica Essa é a Sindrome de Caminha, depois dele, tudo nesse Brasil, principalmente as coisas erradas, as pessoas pra Lacrarem suas Desculpas dizem: Sempre foi assim! Vamos ver isso agora na Nota da Deputada Bia Cavassa, na sua “Desculpa de Numero Dois(2) por ter votado contra o Bolsonaro sobre COAF com Sérgio Moro: “O COAF “SEMPRE ESTEVE”subordinado ao Ministério da Economia...”Nas duas palavras escritas na nota, item 2 voce pode ler a Sindrome de Caminha, ficando assim: “O COAF “SEMPRE FOI ASSIM” Subordinado ao Ministério da Economia...”A Deputada nada mais fez do que repetir um Mantra cunhado lá no Inicio Brasil. Depois dele, tudo que não tem valor, passou a se repetir, como se fosse um sinônimo de algo bom. Na Marinha do Brasil em Particular, por respeito, o Comandante que assume, em sua primeira Ordem diz: “Fica as Ordens Emanadas pelo meu antecessor em Vigor”. Acabada a festa, no outro dia, ele o novo Comandante diz: “As coisas que funcionam aprimoraremos, as que não estão funcionando, faremos funcionar, fica proibida a frase: “Sempre Foi Assim”... se foi Assim Errado, de agora em diante vamos fazer o certo.

A Deputada escreve uma nota com 6 itens. Nos itens 1, 3,4, 5 e 6 falou o obvio... "que o Governo não perdeu nada, que o Coaf não é Policia, nem investiga, todos os Ministérios conversam entre si, que o Coaf tem que ser independente, que na Europa os Coafs de lá ficam no Ministério da Economia de lá". Quem foi que escreveu nota tão insignificativa? Na Europa tudo funciona, no Brasil, estamos tentando fazer funcionar a partir da eleição do Bolsonaro. Carissima Deputada, a Senhora perdeu a oportunidade de Aparecer positivamente no Cenário de Corumbá, mas “Talvez” possa estar saindo pela portas do fundo da Democracia. Explico. A Democracia é o povo em sua maioria no governo, para tanto, o povo brasileiro escolheu o que PENSA o Bolsonaro e deu-lhe 58 milhões de votos, em Mato Grosso do Sul teve quase 60% dos votos, em Corumbá 57,53% dos votos e em Ladário 57,61% dos votos. Portanto Deputada o Brasil, o MS e as Nossas Cidades Mães, optaram e Democraticamente disseram, nós queremos o Que Quer o Bolsonaro, NESTE CASO, o Coaf nas mãos do Ministério da Justiça. A Senhora tem DIREITO de votar com quiser, mas a Senhora não Representa a Maioria da População de Corumba e Ladário que desejam fazer o que o Bolsonaro se propôs; repre…

Vamos lembrar no futuro, ou melhor não vamos esquecer que a Senhora não vota em consonancia com a Maioria. O que se comenta nas rodas, que um vento prefeitável sopra suas lindas madeixas, mas como, se a maioria e a Democracia não é a sua praia. Volto a lembrar-lhe, quando votamos no Bolsonaro, foi pra fazer o que Ele está propondo mesmo, o Coaf não funcionou a contento até hoje no Ministério da Economia, senão teria pego, Lula, seus filhos e mais um monte de politicos que estão com as “Burras” cheias de grana da Corrupção, e o Coaf deixou passar. Tem tempo, mas pouco tempo pra conectar-se ao que pensa a Maioria, que é o sinonimo da Democracia. Claro que vai ter gente que dirá: “Me representa” e eu vou concordar, mas a maioria dessa Minoria, se pensar não come, e eles morrem de fome. Por favor, sem fotinhas com a turma Democrática, fica parecendo aquele peixe, a traíra. Não pega bem, diga que representas a minoria, aí pega bem. E assim Caminha morre no Caminho. O Brasil tá sendo reescrito.

fcc5a853-3e1b-4724-a39a-4fbb659f18b0.jpg

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

icon-onibus

Rua Dr. Napoleão Laureano,13 - Bairro Santo Antonio - Campo Grande/MS

fn.jornaldoonibus@hotmail.com - CEP: 79100-370